As cores também têm sentimentos!

Sabia que o ambiente que o rodeia influencia o seu estado de espírito? 

E já reparou que tudo à sua volta tem cor?

Já se apercebeu que alguns sítios têm tendência de nos deixar ansiosos, desconfortáveis e irrequietos, enquanto que outros nos acalmam e nos fazem respirar devagar? Sabia que as cores têm um impacto muito grande nestas sensações?

Nunca viu uma clínica dentária decorada com vermelho, pois não? Nós também não. E se tivéssemos visto com certeza que não entravamos. Porquê? Porque o vermelho é uma cor que nos causa emoções muito fortes. Aplicado a uma clinica dentária? Acho que íamos fugir todos a sete pés. E nem é preciso ter medo de dentistas para os sinos de alarme começarem a soar dentro da nossa cabeça.

Cores quentes e cores frias

A primeira grande divisão acontece aqui. 

Cores quentes como o amarelo, laranja e vermelho tendem a transmitir a sensação de calor, alegria, energia ou até fúria e irritação. Este tipo de cores deve ser utilizada com cuidado pois usadas em excesso podem irritar os olhos ou criar reações negativas. Aplicadas corretamente? Podem fazer por exemplo com que tenha vontade de comer. Basta olhar para o exemplo dos restaurantes de fast food. Nos últimos anos o Mcdonalds tem tentado alterar a sua imagem pública e por isso mudou a sua cor principal para verde, mas antigamente? Era vermelho. E não era por acaso. 

Cores frias, por outro lado, proporcionam sensações de calma, segurança ou até mesmo tristeza. São exemplos destas cores o verde, o azul e o roxo. Imagens corporativas aplicam muitas vezes estas cores para transmitir a ideia de estabilidade por exemplo. E inconscientemente os nossos cérebros aceitam essas informações que a cor nos transmite.

Fora desta divisão temos ainda as cores neutras como o branco, cinzento, preto ou até mesmo bege e castanho! Estas cores são os parceiros ideais para cores mais fortes porque as fazem brilhar e destacar. 

Para quem trabalha com imagem é muito importante estar a par das possíveis reações que a cor, parte integral de qualquer projeto, pode provocar nos recipientes de informação. São por isso de extrema importância na identidade de uma marca.

É no entanto muito importante ter em conta de que este campo é altamente subjetivo e que fatores externos como por exemplo a cultura ou o ambiente social em que as pessoas vivem podem fazer com que existam reações diferentes das “esperadas”. Para além disto o ambiente e cores que rodeiam uma determinada peça de comunicação também têm muito a dizer acerca da sua influência no nosso estado de espírito e podem mudar por completo o modo como as cores são interpretadas.

Deixamos abaixo algumas indicações das diferentes emoções que as cores podem causar. No entanto, uma palavra de caução: as indicações abaixo são genéricas e é muito importante ter em conta que outros elementos (como tom, saturação, ambiente, cultura etc.) alteram esta perceção.

Branco: Limpo, Puro, Neutro

Preto: Autoridade, Inteligência, Força, Luto

Cinzento: Neutro, Intemporal

Vermelho: Paixão, Amor, Romance, Energia, Intensidade, Entusiasmo

Laranja: Energia, Calor, Estimulo, Entusiasmo

Amarelo: Felicidade, Riso, Alegria, Otimismo, Calor

Verde: Natural, Fresco, Crescimento, Fertilidade, Tranquilidade, Calma

Azul: Calma, Serenidade, Frio, Sábio, Lealdade, Verdadeiro

Roxo: Riqueza, Sofisticação, Espiritualidade, Prosperidade, Respeito

Castanho: Confiança, Estabilidade. Calor, Conforto, Natural, Orgânico

Cor de rosa: Romance, Amor, Gentil, Calma